Como funciona?

Pague quanto você achar que vale o serviço que você recebeu!

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Na maioria dos casos, a agressão dos cães é causada por medo.

Ao se adestrar um cão agressivo, precisamos antes de tudo fazer o diagnóstico do cão e entender a causa da agressão. Geralmente, a causa da agressão é o medo. 
A agressão surge de cães que se sentem inseguros, indefesos, muitas vezes traumatizados e frustrados por não conseguirem fazer a ameaça ir embora ou não poderem sair de situações incômodas. Estes cães descobrem que quando sentem medo e são agressivos têm muito mais sucesso do que quando tentam fugir ou mostrar seu incômodo de outra maneira, pois assim que mordem, a ameaça se afasta.
Esta geralmente é a causa da maioria das agressões. Porém, existem milhares de maneiras de trabalhar um cão agressivo. E a pior delas é querer que ele pare de rosnar. Pois rosnar é um sinal comunicativo. Quando ele rosna, ele diz que está incomodado e não precisa morder para fazer a ameaça se afastar. 
Se um cão é agressivo, precisa de compreensão, não repressão. Se você está com medo e alguém brigar com você, você vai se sentir muito pior. Seu quadro vai piorar milhares de vezes, além de ter que lidar com seu medo, você não poderá se expressar e ainda terá um estresse extra para lidar que é a pessoa brigando com você. Esta situação extrema faz com que você tenha que lidar com isso, porém, a única solução eficiente acaba sendo você agredir ferozmente quem está te atacando, sem avisar, pois nem isso te foi permitido. Este exemplo ilustra o que ocorre quando se trata um caso de agressividade com técnicas agressivas, punitivas e repressoras. O cão medroso se transforma no cão-bomba, que está prestes a explodir a qualquer momento, sem aviso. O cão que só morde, sem aviso prévio.
Então, a solução é trabalhar este cão agressivo como um cão medroso. Compreendê-lo, trabalhar este medo, dar carinho, amor, tranquilidade e paz a ele. Fazê-lo se sentir seguro... Desta maneira, a agressão irá embora para sempre, pois ele se sentirá seguro e sem motivo para atacar.
Por favor, se você tem um cão agressivo e for contratar um adestrador, cuidado com as técnicas dele, não permita nada repressivo. Este é um apelo meu, de todos os "adestradores positivos" e principalmente dos cães frustrados por não conseguirem se comunicar com os humanos.

Tradução: 
Se isso... Parecesse mais com... isso

Você se sentiria diferente em relação a isso?
Medo não é uma escolha! Não puna....
Trate-o!!!

Ps: Outras causas de agressividade
* Raças que propiciaram a característica de agressão. Ou seja, os cães selecionados para a procriação eram mais agressivos e tornaram os indivíduos desta raça mais agressiva.
* Manejo: o tratamento que o cão recebe propicia a agressividade.
* Treinamento: adestramento para ensinar ou reforçar a agressividade do cão.
* Doenças dolorosas que fazem o animal se sentir mal e este acaba se tornando se tornando agressivo por se sentir indefeso e com dor.
* Há relatos de doenças neurológicas que geram agressividade, mas eu nunca trabalhei nem cão com este diagnóstico.
* Entre outras causas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário