Quem sou eu?

Bióloga, vegana, mestre em psicologia social com dissertação sobre comportamento canino (http://www.repositorio.unb.br/handle/10482/20516), professora de ciências e adestradora.

Meu nome é Sofia Bethlem. Desde criança minha mãe me ensinou a amar os animais.
Na graduação de biologia na Universidade de Brasília (UnB) fiz estágio estudando memória espacial de macaco-prego (Cebus apella) no Laboratório de Neurociência e Comportamento. Posteriormente, estudei ecologia comportamental de tziu (Volatinia jacarina) no laboratório de Comportamento Animal. Fiz estágio estudando comportamento de mico-estrela (Callithrix penicillata) em vida livre e depois estagiei no Jardim Botânico de Brasília (JBB) fazendo análise comportamental de bugio (Alouatta caraya) para reintrodução em uma mata de galeria do JBB. Estagiei no Jardim Zoológico de Brasília na área de Educação Ambiental e de Conservação e Pesquisa.

Quando eu estava no meu último semestre de biologia, eu dava monitoria de histologia. Então, vi a Paula Emmert com uma blusa de adestramento. Fui conversar com ela e pedi que ela adestrasse minha boxer que estava com o costume de pisar na terra vermelha e pular na minha mãe que estava  com a roupa limpa tentando ir trabalhar. Não tive coragem de colocar minha Vamp na mão de qualquer adestrador, mas a Paula parecia confiável. Entretanto, ela me perguntou porque eu não fazia um curso de adestramento e aprendia a adestrar. Aceitei o desafio e fiz meu primeiro curso de adestramento com o Carlos Souza no final de 2009. Acompanhei-o em vários adestramentos e acabei me apaixonando pela profissão. Fiz então um curso de adestramento de cães de polícia para aprender táticas policiais e segurança com cães. Incrível ver quão específico um trabalho canino pode ser: busca de drogas, armas, pessoas perdidas, escolta de bandidos, perseguição e apreensão de pessoas, guarda territorial, guarda de objetos e pessoas. Incrível e emocionante fazer este trabalho.

Em 2010 fiz outro curso de adestramento com o Elber Nascimento do Rio de Janeiro. Muito bem organizado com parte teórica e prática, apostila e técnicas de adestramento com petisco. Aprendi muito. Então, o Carlos Souza que havia ido para o Canadá aprender sobre cães voltou à Brasília em 2011 e deu mais um curso de adestramento avançado usando petiscos. Exemplo de como técnicas mudam e de como precisamos nos aperfeiçoar sempre para saber mais e ter resultados melhores. 
Em 2012 fiz um curso de treinamento com Clicker que é uma técnica de adestramento muito séria, que possibilita que o cão atinja a perfeição de um exercício. Aprendi a importância do timing, shaping, target, etc. Muito bem organizado pela Fátima Neves e Regina Aoki com apostila, conteúdo teórico e parte prática incrível. Discutimos a teoria e a colocamos em prática. 
 
Regina Aoki, eu, Fátima Neves e meu lindo boxer Tudor.
Depois fiz o curso do Márcio Ferreira da Silva. Aprendi muitas técnicas para fazer um trabalho de guarda e proteção com perfeição. Entendi muitos usos do colar eletrônico com muitas técnicas e para diversas situações, mas mesmo assim, eu escolho não usar. Vi a importância do timing ao se fazer shaping para guarda.
 


Fiz o Pet Work do petshop Toca de Assis a aprendi um pouco sobre o mercado pet. 
Fiz o curso de Hidroterapia e banhos especiais com o Max AG. Incrível o poder da hidroterapia na pele e no pelo dos cães, odores também tem um poder enorme. 
Fiz também o curso de Estrutura e Dinâmica de cães com o Gerardo Paolucci. Nele aprendi consequências da estrutura anatômica canina em sua movimentação, curso incrível.


Fui para São Paulo fazer um curso de adestramento com o famoso Dante Camacho. Fiquei surpresa em ver tantas mulheres no adestramento, toda a lógica que foi ensinada no curso foi mais compreensiva e baseada no adestramento positivo. 

Porém, só em 2013 no curso da Cláudia Estanislau que toda a lógica do adestramento positivo ficou óbvia para mim e usar qualquer tipo de estímulo aversivo passou a não fazer o menor sentido. Neste curso, tive que repensar em toda a minha forma de adestrar e toda a lógica de adestramento teve que ser refeita para extinguir todo e qualquer tipo de estímulo desagradável ao cão. Um adestramento sem crueldade, baseado na compreensão, estava surgindo. Obrigada, Cláudia.
Em 2014 fui a São Paulo fazer o curso do INATAA (Instituto Nacional de Ações e Terapia Assistida por Animais) para aprender a trabalhar fazendo terapia assistida por animais. Eles são usados para ajudar na recuperação de doentes em hospitais, trazer felicidades a idosos em asilos e crianças em orfanatos, podem ajudar na aprendizagem de crianças na escola, atuam como mediadores entre terapeutas e autistas, facilitam o trabalho de fisioterapeutas e trazem resultados incríveis no bem estar humano. Fiquei encantada com a organização do curso, a diversidade de assuntos abordados com profundidade e pessoas muito experientes em cada tópico: da fisiologia dos animais, à história da TAA e pesquisas na área. Parte prática diversa com vários animais e diversos contextos, muito completo e maravilhoso.

No dia 04/06/2014 assisti à palestra da Melanie Joy que escreveu o livro "Por que amamos cachorros, comemos porcos e vestimos vacas". Depois de assistir a esta palestra, não fazia sentido eu amar tanto os animais e matá-los para eu me alimentar, então resolvi virar vegana (https://www.youtube.com/watch?v=ZsjSE6W1N8A). Sendo vegana tornou-se impossível não pensar em todo o processo de alimentação dos humanos e consequentemente dos cães. Então, resolvi fazer um curso de alimentação natural para cães. O curso do Cachorro Verde é muito bom, a Sylvia ensina muito bem a fazer alimentação natural crua com ossos, crua sem ossos e cozida. Vale a pena, mas dá um pouco de trabalho. Acho uma ótima maneira de ter uma alimentação saudável em casa não só para o cão, mas para toda a família.

Depois fiz o curso de T-touch (http://www.ttouch.com/whyTTouch.shtml) básico e de pequenos animais com a Mary Rodriguez: incrível ver como a técnica baseada no sentido do tato pode ser usada para tratar e até curar animais doentes ou com problemas emocionais, dos miúdos até humanos, passando pelo cão. 

Treinei a Cíntia Soares para adestrar cães comigo, me auxiliando em casos mais complexos, e me ajudando a atender à grande demanda de donos precisando de adestramento para seus cães.
Em 2014 ministrei um minicurso sobre Comportamento Canino na Semana Acadêmica da Medicina Veterinária na UnB. Foi muito bom poder passar um pouco do conhecimento que tenho, falando de anatomia, fisiologia, comportamento e condicionamento.
Durante a realização do meu mestrado fiz o estágio em docência ministrando algumas aulas da disciplina de Comportamento Animal do instituto de psicologia da UnB. Alunos de diversas áreas estavam matriculados e puderam se beneficiar deste conteúdo que não costuma ser abordado nas Universidades. Minha dissertação de mestrado foi sobre comportamento canino:

Falo inglês certificado pelo Toefl e espanhol, certificado pelo Dele B1. Posso fazer adestramento nestes dois idiomas, caso solicitado.












39 comentários:

  1. Oi Sofia, tudo bem? Achei interessante o seu blog. Eu aprendi a adestrar para colocar o meu cão no lugar dele na matinha. Usei o livro do Alexandre Rossi, que é muito bom. Tenho interesse em aprender mais sobre adestramento e quero fazer um curso em Brasília, você sabe aonde posso encontrar um bom? Um abraço, Carlos.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Desmut. Que bom que você gostou do meu blog, fico muito feliz. Realmente, temos que saber como tratar o cão e colocá-lo apropriadamente no lugar dele. Os cursos ajudam a ter diferentes visões sobre adestramento. Aprendemos muito com os instrutor e com os colegas também, vale muito a pena.
    Os próximos cursos que realizarei estão na seguinte postagem: http://adestradorasofia.blogspot.com.br/2012/04/os-tres-proximos-cursos-que-realizarei.html

    Haverá também um curso do Carlos Souza em Goiânia: http://www.facebook.com/photo.php?fbid=259670847447718&set=a.207508399330630.50657.100002144143384&type=1&theater

    Por enquanto acho que é isso.

    ResponderExcluir
  4. Olá Sofia , achei seu blog super interessante e estou a procura de um adestrador para meu labrador , gostaria de saber quanto você cobra por mês quantas aulas são e etc .. Obs.: Sou de Taguatinga-Norte

    ResponderExcluir
  5. Olá, não adestro em Taguatinga. Se puder, me mande um e-mail que posso te indicar uma adestradora em Taguatinga.
    adestradorasofia@gmail.com

    ResponderExcluir
  6. Ola,

    Vejo que as pessoas têm adquirido cães como se adquirem bolsas, sapatos, camisas... objetos, acham que ter um animal de estimação e apenas dar água e comida, e muitos ficam isolados em um quintal ou apartamento sem contato com outros animais e/ ou pessoas, e ao oferecemos essas condições os cães desenvolvem uma serie de transtornos, entre eles o mais comum e perigoso, a agressividade, e para agravar mais essa historia alguns procuram um especialista quando o animal já passou de um ou dois anos de vida, quase adulto. Com sua experiência qual a melhor forma de socializar um cão com essas características.
    Grande Abraço.
    André Barbosa

    ResponderExcluir
  7. Olá, André. Responderei isso em uma postagem específica, ok? Até mais.

    ResponderExcluir
  8. boa noite, acabei de ganhar um lhasa, o Romeu, hoje ele esta fazendo 2 meses e é bem sapeca, não pode ver uma mão ou uma perna que logo corre pra morder, e tbm não posso mastigar nada proximo a ele que logo começa a chorar e latir... gostaria de saber quanto custam as aulas? moro em águas claras

    ResponderExcluir
  9. Olá, infelizmente, não adestro em Águas Claras, mas se você quiser, posso te indicar uma amiga minha que adestra nessa região. Se tiver interesse, me mande um e-mail que te passo o contato dela: adestradorasofia@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Sofia, estou ensiando "truques" ao meu cao ja consegui o "junto", "senta", "fica" e ate o "aqui",o problema e colocar no deita, se tocar nas patas tenta me morder, se puxar a guia para baixo tenta me morder, comecei a utilizar os petiscos mas e so premiar que ele levanta. o que faço???? Muito Obrigado

      Excluir
  11. Qual é seu cão? Se eu pudesse vê-lo fazendo isso seria mais fácil de ajustar sua técnica. Mas pelo que você está dizendo, tente manter ele deitado depois que ele deixar.
    Assim: faça ele deitar, depois você se levanta (devagar, sem deixar que ele se levante) e logo depois (assim que conseguir ficar com a coluna ereta) já volte para recompensá-lo com o petisco.
    Isso deve resolver.

    Se não, você pode tentar a Técnica do Clicker, mas para isso você tem que aprender a ideologia do clicker que é um pouco mais complexa. Não basta apenas usar o click como barulhinho. Aprenda a fazer a técnica antes de começar a usar com seu cão.

    Se não funcionar, me mande um vídeo de como você está fazendo que posso direcioná-lo melhor.

    Mas na minha opinião, você tem mesmo é que ter a liderança do seu cão. Pelo que você diz, seu cão não parece te respeitar. Você deve tentar deixar claro para ele quando está trabalhando e quando está brincando. Isso resolverá vários problemas!!!

    Atenciosamente,
    Adestradora Sofia.

    ResponderExcluir
  12. Boa Tarde gostaria de saber se voce adestra no Paranoá...

    ResponderExcluir
  13. Gostaria de saber se vc Adestra no Paranoá?

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Olá, Juliana. Adestro no Paranoá sim.
    Me ligue para marcarmos uma visita: 9661-1821

    ResponderExcluir
  16. Olá, queria saber se você Adestra em Sobradinho

    ResponderExcluir
  17. Olá preciso de sua ajuda com minha labradora e não consigo te achar no celular. Me mande um e-mail luizagalli@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde Sofia, quero saber se vc adestra cães gold, para acompanhamento de deficientes, ou tratamento terapeutico. silviaen@terra.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi BOM DIA ,GOSTARIA DE SABER SE VC ADESTRA EM SOBRADINHO
    CONDOMINIO!!


    Aguardo retorno!!

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  20. Oi, sofia!

    Aguardo confirmação do horário!

    Maria Rita

    ResponderExcluir
  21. Ola sofia, escrevo de Brasília tudo bem?
    Gostaria de saber onde entro em contato para fazer um curso basico de adestramento de cães aqui em Brasilia? contatos facebook : Alessandra Augusta ou email ; alelecal@gmail.com
    Obrigada
    Alessandra

    ResponderExcluir
  22. Olá Sofia, tudo bem? Meu nome é Elenice e ganhei uma cachorrinha e estou bem interessada em adestrá-la logo cedo. Queria saber detalhes e seu telefone não atende. Se puder, me liga 8118-0802. Aguardo contato.

    ResponderExcluir
  23. Olá Sofia!
    Achei muito interessante teu blog. Tenho interesse em aprender mais sobre adestramento e quero fazer um curso em Brasília,pois além de querer treinar mais as minhas cadelinhas,também quero seguir carreira de adestradora,e outras coisas acho esse trabalho muito lindo. Gostaria de saber se poderia me ajudar. Ou se você sabe onde tem curso de adestramento,de psicologia,de aqui em Brasília bom e barato e quanto você cobra para dar as aulas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em Brasília por agora não sei de nenhum não. Mê passado teve o do Dante Camacho que veio aqui dar um curso muito legal, mas por agora não sei de nenhum não. Recomendo cursos de pessoas de fora de Brasília, pessoas como a Claudia Estanislau e o Dante Camacho costumam dar cursos no Brasil que valem muito a pena...

      Excluir
  24. Olá, Sofia. Tenho um Buldogue campeiro de 1 ano e meio e ele é muito forte e agitado. Consegue aprender comandos positivos com facilidade, como senta, deixa, "toca aqui",etc. Mas ele só faz o que tem vontade de fazer. O "não" ele ignora frequentemente, seja pra perturbar minha outra cadela ou para fazer algum outro comportamento indesejado. Mas minha maior preocupação está com a agressividade dele. Ele é extremamente intolerante com crianças, às vezes acho que não reage bem com vozes finas em geral. Já vi algumas mulheres fazendo carinho nele, ele recebendo tranquilamente, e em determinado momento, rosna e tenta morder. Criança não pode nem chegar perto. Se colocar a mão pela grade, ele morte. Como ele é um cachorro muito forte, isso me preocupa muito, pois minha mulher está grávida e queremos que nosso filho tenha uma interação boa com nossos cachorros. Eu já tentei com um adestrador, mas acho que ele não tinha muita formação profissional. Não mudou quase nada. Você faz esse tipo de trabalho ou teria alguém especialista nisso para indicar? Desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucas. Faço o serviço sim. É um caso muito delicado e temos que analisar bem a situação para não piorar o problema. Principalmente neste caso, qualquer tipo de estímulo negativo como punições, aversivos ou até mesmo dizer "não" só vai piorar seu problema.
      Então, precisamos compreender bem a situação para podermos fazer o treinamento adequado para o seu caso.
      Se tiver interesse no serviço, entre em contato pelo número 9661-1821. Ou me passe seu número por e-mail que eu te ligo: adestradorasofia.blogspot.com

      Excluir
  25. Oi Sofia!
    Moro em apartamento na Asa Norte. Tenho um Staffbull de dois anos e um Lhasa Apso de 12 anos. Preciso de ajuda com o Staff. Ele gosta de gente, mas o carinho dele sempre envolve mordidas leves, de brincadeira, mas que assustam algumas. Costumávamos deixar ele brincar com outros animais em um campo perto de casa, mas depois que uma senhora se assustou achando que ele a estava atacando evitamos de deixá-lo brincar. Trabalho o dia todo mas ele desce diariamente para passear. Contratei uma moça para isso mas fico preocupada pois ela não tem treinamento, a não ser minhas orientações advindas de minha experiência insignificante. Gostaria de treiná-lo. Você faria esse serviço? Caso faça, qual seria o preço e as condições?
    Abs.
    Lindalva

    ResponderExcluir
  26. Olá sofia! Poderia me indicar um adestrador em águas claras?

    ResponderExcluir
  27. Olá Sofia. Meu nome é Raiane. Tenho um lulu da Pomerânia q está prestes a completar 1 ano E ainda mantém o hábito de comer as próprias fezes. Já tentei vários tratamentos de sucesso. Gostaria de saber se realiza esse tipo de trabalho. Moramos no sudoeste.

    ResponderExcluir
  28. OI Sofia,
    Estou curtindo muito teu blog, vou ler com calma, tem muito material interessante para eu absorver.
    E dizer que adorei ter te conhecido, tu e Cintia, fiquei muito feliz em finalmente ver uma luz no fim do túnel para solucionar a questão de Wila e Ananda.
    Hoje consegui fazer todos exercícios sozinha e eles estão curtindo muito também.
    Obrigada por estar disponível no whtas , e vou te mantendo informada.
    Gratidão!
    Carmen Flora

    ResponderExcluir
  29. Olá, você adestra em águas claras?

    ResponderExcluir
  30. Sofia, você adesta ou conhece alguém aqui no Jardim Botânico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adestro sim, entre em contato pelo telefone 61 9 9661-1821 que eu te explico como funciona o serviço.

      Excluir
  31. ola sofia, sou veterano do exercito e fiz alguns curso com o carlos no começo dos anos 2000, mas perdi o contato com ele, você teria o contato dele para me passar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rodrigo.
      Eis o contato dele no Facebook.
      https://www.facebook.com/dressagedechiens.montreal?fref=ts
      Atualmente ele está morando e adestrando no Canadá... ou estava pela última vez que tive notícias dele, mas ele tem vindo dar cursos no Brasil de vez em quando...
      Espero que consiga falar com ele.
      Boa sorte.

      Excluir
  32. Oi, tenho um Pastor Alemão de 6 meses . Quando começo o adestramento ? Moro em Vicente Pires , você atende por aqui ?
    Desde já , agradeço .
    Celso Ricardo

    ResponderExcluir
  33. Olá. Moro na asa norte e gostaria de saber se você adestra por aqui. Moro em uma kitnet pequena e tenho 2 pinschers filhotes de 2 meses e meio que sao extremamente bagunceiros e fazem cocô e xixi pela casa toda. Ja tentei de tudo para ensinar eles e nao consigo.
    Desde já agradeço
    Paula Karyely 62 993833442

    ResponderExcluir