Como funciona?

Pague quanto você achar que vale o serviço que você recebeu!

sábado, 6 de outubro de 2012

Distúrbios comportamentais (Resposta ao e-mail do André Barbosa)

E-mail do André Barbosa:
Olá,
 Vejo que as pessoas têm adquirido cães como se adquirem bolsas, sapatos, camisas... objetos, acham que ter um animal de estimação é apenas dar água e comida, e muitos ficam isolados em um quintal ou apartamento sem contato com outros animais e/ou pessoas, e ao oferecemos essas condições logicamente os cães desenvolvem uma série de transtornos, entre eles o mais comum e perigoso, a agressividade, e para agravar mais essa história alguns procuram um especialista quando o animal já passou de um ou dois anos de vida, quase adulto. Com sua experiência qual a melhor forma de socializar um cão com essas características.
Grande Abraço.
André Barbosa

Resposta ao e-mail:

Realmente, muitas pessoas adquirem cães sem pensar que é uma vida que pode durar em média 10 anos. Todo cão precisa de carinho, cuidado, limites e educação. Com meus clientes eu sempre digo que eles precisarão de pelo menos 15 minutos do dia para interagir com o animalzinho de estimação deles. Bom, se você tem um cão apenas para ficar lá no canil, sem interagir com você, tem certeza que você quer ter esse cão? Antes de adquirir um animal de estimação temos que pensar em todos os dias, não é só dar água e comida. Precisamos dar banho, interagir, brincar, gastar a energia dele, fazer carinho. Posso dizer que se as pessoas realmente realmente fizessem isso com os cães, eles não teriam tantos problemas como agressividade, sedentarismo e destruição da casa (clássica em filhotes entre 3 e 9 meses). Então, vou colocar uma "receita rápida" para evitar problemas comportamentais com seus cães:
* Nunca dê comida de graça. Antes de dar a comida diária do cão, sempre exija que ele faça algo. Nem que seja apenas sentar. Mas pode ser deitar, rolar, girar, dar a patinha ou trazer algum objeto que você pedir.
*Faça exercícios com seu cão: O passeio na rua é o melhor para exercitar o corpo dos cães, mas quando ele é feito com o cão andando ao seu lado, respeitando a hierarquia, a função de melhorar comportamentos indesejados fica muito mais suprida. Mas para os donos que são sedentários existe uma alternativa: jogue a bolinha para seu cão buscar. Assim, ele corre e você fica parado. "Mas ele pega a bolinha e sai correndo! =/" Experimente jogar outra bolinha igual para ele ir pegar. Pode resolver.
*Imponha limites: O cão não deve ir aonde ele quer, não deixe ele sair e entrar na sua casa quando ele bem entender! E se ele for atravessar estas barreiras, faça questão de você passar na frente dele. 
*Brinque com seu cão: Brincando, seu cão irá ocupar a mente dele e não ficará ocioso tentando arrumar o que fazer. "Cabeça vazia, oficina do diabo." Então, sempre dê algo para seu cão fazer, você não vai gostar se ele arrumar alguma coisa para destruir.
*Faça carinho. Carinhos acalmam os cães. Mas cuidado para não recompensar algo que você não quer que ele faça.

Bom, acho que isso já ajuda bastante, mas se o cão está com toda uma série de comportamentos indesejados e o dono não consegue modificar seu comportamento, ou me mande um e-mail ou procure algum outro profissional que possa te instruir a uma maneira de trabalhar seu cão e extinguir estes comportamentos.


Ps: Em relação à socialização, farei outra postagem mais específica sobre a interação dos cães entre si e com outras pessoas, ok?

Um comentário:

  1. Obrigado pela resposta,realmente se as pessoas tiverem essa conciencia a vida dos nossos amguinhos sera muito mais feliz

    ResponderExcluir